Precisamos de mais gente

05/10/2011

Os gregos estão em situação desesperadora porque, entre outras besteiras, acreditaram na frase “precisamos de mais gente”. Incharam suas empresas públicas e privadas de forma irresponsável e o resultado não poderia ser outro. Você, empresário ou gestor, vai se comportar de forma “grega” e vai destruir o patrimônio da sua empresa contratando sem critério? Ah, acha que tem critério? Pois eu tenho certeza que a maioria dos critérios que alguns acham que têm são fracos e inoperantes.

A analogia com o planejamento das empresas é perfeita e simples: uma boa parte dos gerentes pede mais gente e diretores e presidentes mal preparados para suas funções concordam, até que... Falta caixa e então se manda demitir 10 ou 20 % por departamento, sem critério, o que arrebenta o caixa, baixa o moral da equipe e desmonta a imagem da empresa, interna e externamente.

Responda a estas duas perguntas:
1º) Qual é o padrão escrito que sua empresa tem para criar um cargo novo?
2º) Qual é o padrão escrito que você usa para definir produtividade e o quadro de lotação de cada setor?
99 % das empresas não tem padrão para criar cargos novos e 95 % das empresas não tem padrão para calcular produtividade, especialmente em áreas de apoio, como TI, financeiro, contabilidade, custos, manutenção e RH.

O resultado é a tragédia grega...
Eu também já conheço as objeções:
1.Padrão escrito é frescura;
2.É muito difícil calcular produtividade em áreas de apoio;
3.Por que esta bobagem de perguntar sobre cargos novos?
4.Não entendi o que o Mubarack quer com isto;

Seguem as respostas às objeções:

1.Padrão escrito é coisa de gente CIVILIZADA. Burros, ignorantes e analfabetos não escrevem, não treinam, não implementam seus procedimentos e cometem sempre os mesmos erros!
2.Claro que é muito difícil calcular produtividade. Porém, é imprescindível. Se você não sabe, pergunte para quem sabe, leia, estude, pesquise...
3.Um cargo novo significa ou novas funções ou redistribuição de funções e significa mais custos por aumento de estrutura. Não se pode criar nada novo e com mais custos sem critérios claros e comprovados.
4.Eu quero evitar a tragédia grega dentro das empresas, só isto!