Subdesenvolvimento

As empresas são como países, ou são desenvolvidas ou são subdesenvolvidas. Faz muitos anos, tenho contato íntimo com a vida empresarial em todo o Brasil e também com empresas internacionais. Tenho tido contato com várias culturas em todas as regiões do Brasil, nas grandes cidades e no interior, na área privada e na área pública. Comparo hábitos dentro e fora das organizações. E sempre viajei com freqüência para o exterior, fazendo o mesmo tipo de observação. Tenho amigos e clientes bem próximos na Alemanha, nos Estados Unidos e na Inglaterra e trocamos idéias com muita freqüência.

E lá vem a questão foco deste artigo: o que caracteriza uma empresa desenvolvida e uma subdesenvolvida? São basicamente os mesmos atributos que caracterizam um país rico e um país pobre. Vejamos:

1. As empresas desenvolvidas possuem lideranças íntegras e muito fortes. Começando pelo presidente, CEO, superintendente ou como queiram denominar o número 1 da organização.

2. As empresas desenvolvidas já abriram seu capital ou estão com planos de fazê-lo pelo menos no médio prazo.

3. As empresas desenvolvidas abominam o nepotismo, começando pela própria família controladora.

4. As empresas desenvolvidas praticam a tolerância zero com a mentira, com a falta de transparência e com outras questões relativas ao caráter dos seus funcionários em qualquer nível.

5. Nas empresas desenvolvidas, RH é um setor com muita força, ligado diretamente ao número 1 da organização.

6. As empresas desenvolvidas discutem apaixonadamente, em cada canto da organização, o negócio. São concentradas no trabalho e o nível de fofoca e brigas internas é baixo.

7. As empresas desenvolvidas exigem absoluta disciplina de todos os funcionários no cumprimento dos procedimentos.

8. As empresas desenvolvidas são focadas no cliente. Todos os processos da empresa são estritamente voltados para ajudar a venda.

9. As empresas desenvolvidas eliminam sumariamente qualquer pessoa ou atividade que esteja obstruindo o lucro.

10. As empresas desenvolvidas têm um conjunto de valores que representam o DNA da organização. Todos os funcionários conhecem e praticam estes valores. Na tomada de decisão, os valores guiam as atitudes de todos.

11. Nas empresas desenvolvidas, a discussão franca das questões polêmicas é constante, feita de forma dura mas com absoluto respeito entre as partes divergentes.

12. Nas empresas desenvolvidas há o SIG (sistema integrado de gestão), sistematicamente auditado e melhorado.

13. As empresas desenvolvidas são formadas por funcionários estudiosos, que devoram livros e todo o tipo de conhecimento técnico.

14. As empresas desenvolvidas possuem um conjunto forte de indicadores de desempenho e indicadores operacionais, analisados dia-a-dia por executivos e suas equipes.

15. As empresas desenvolvidas não convivem com o mesmo problema durante muito tempo. Organizam forças-tarefa que destroem os problemas.

16. Nas empresas desenvolvidas, a meritocracia é o maior mandamento para promoções, remuneração e reconhecimento. Tempo de casa, planos de carreira e outras baboseiras são ignorados.

17. Nas empresas desenvolvidas, custo se corta todos os dias. Há processos organizados para a constante simplificação das tarefas.

18. Empresas desenvolvidas são alegres. Respira-se na organização um clima de alegria e de muita energia. As pessoas adoram trabalhar lá.

19. Empresas desenvolvidas eliminam rapidamente mal-humorados, preguiçosos e encrenqueiros decadentes.

20. Empresas desenvolvidas preservam o coletivo. O interesse individual vem em segundo plano, sempre.

Você, ao ler estes requisitos, deve estar pensando que este tipo de organização não existe. E você está certo! Na forma perfeita, nada existe no planeta Terra. Vivemos no mundo da imperfeição. Mas não esqueça de este é o pensamento mais fácil e cômodo. Perfeição não existe, os 20 requisitos acima representam uma utopia e pronto, e dorme-se sobre a zona de conforto. Mas não esqueça que o mundo empresarial é um jogo onde, para ser vitorioso, você não precisa ser perfeito. Você somente precisa ser melhor do que seus concorrentes.

Como saber se uma empresa é desenvolvida? Examinando se, para cada um dos 20 requisitos anteriores, a empresa tem um procedimento, um processo bem claro e conhecido por todos. Por exemplo, há um processo sistemático para se cortar custos e simplificar as tarefas? Há um processo sistemático de avaliação de desempenho que premie os melhores? Há um processo sistemático de solução de problemas dentro da metodologia científica? As metas e os planos de ação são rigorosamente cumpridos? Há sistemática disciplinada para planejar e avaliar o planejamento? O PDCA é girado de forma habitual? O conjunto de valores é ensinado como uma religião dentro da empresa e sua prática é avaliada formalmente?

Desenvolvimento traz riqueza e felicidade para os povos e para as empresas. Este artigo é um apelo para que as empresas organizem UM PLANO DE DESENVOLVIMENTO e dele não se afastem nem por um só instante. É a única alternativa para a perpetuação das organizações.

Um abraço a todos!!!