A importância da leitura

04/03/2013

Quem não lê tem dificuldades em concentração, não tem cultura geral, tem problemas para compreender e para escrever, tem pouco vocabulário e perde uma grande oportunidade de “ouvir” alguns dos cérebros mais importantes do planeta no conforto da sua casa por uma quantidade muito pequena de dinheiro. Ou você faz parte daquele timinho que acha caros os livros? Caro é o preço da ignorância, pode acreditar.

A prática é fundamental, mas a teoria é igualmente crítica para a formação de um profissional. A prática, sem teoria, ensina muito pouco ou, pior do que isto, pode ensinar de forma distorcida.

Não precisamos praticar a mediocridade do “ou” e sim a genialidade do “e’”, ou seja, queremos profissionais teóricos e práticos. Que saibam, com a mesma destreza, sentar à mesa da biblioteca para ler e sujar a mão de graxa. Este texto é sobre a importância da leitura. Somos um país de muitos milhões de ignorantes, talvez algo em torno de 90 % da nossa população nunca leu clássicos, nunca leu livros durante o período da escola fundamental e média e piorou a situação quando, já adultos, ingressaram em universidades deficientes, receberam dos também ignorantes professores apostilas e arquivos soltos na Internet e jamais foram orientados sobre a beleza e a essência de um livro. Ler desenvolve a capacidade de concentração, a lógica, o vocabulário e abre a mente para infinitos mundos. Ouço com frequência o argumento de que livros são muito caros no Brasil. Pura desculpa esfarrapada. Apesar de serem mais caros do que em alguns outros países, achamos o livro caro porque não o valorizamos. Se não tem valor para a maioria, qualquer preço passa a ser exagerado na visão curta e acanhada dos ignorantes. Você pode gastar 700 reais em um tênis de marca, mas pagar 70 reais por um grande livro é considerado um exagero nos gastos.

Lido com muitos jovens, especialmente nas empresas. É triste ver jovens com potencial e vontade para o trabalho, mas sem vocabulário, sem conhecimento geral, sem lógica, sem capacidade de pesquisa, sem o hábito da revisão e com baixíssima habilidade para escrever em português. Ontem (março de 2013) li no site do Terra esta frase sobre um jogo de futebol do final de semana: “... o campeonato será marcado por um jogo marcante...!!!”. Eu não transcreveria esta frase não fosse ela típica da ignorância ampla, geral e irrestrita.

Triste porque prejudica a carreira de muitos profissionais e mais triste ainda para o país e para nossas empresas que sentem a pancada no caixa. Ou você acha que tudo isto não reflete em resultados financeiros?

Paulo Ricardo Mubarack