O líder precisa buscar conhecimento

10/06/2015

Um líder precisa buscar conhecimento. Se não o faz é seguramente porque acredita que já tenha (ele e sua equipe) todo o conhecimento necessário. Se um líder pensa desta forma, ele é inapto para suas funções e, cedo ou tarde, vai levar sua empresa para o buraco. Não é a minha opinião, são os fatos. Se observarmos as melhores empresas (resultados financeiros bons e sustentáveis), encontraremos ambientes onde o conhecimento é buscado continuamente. Conhecimento é a soma de teoria e prática. Prática sem teoria apresenta um risco enorme de tomar-se uma paulada sem nem ao menos saber de onde ela veio e teoria sem prática é vazia e inoperante.[... continua]



Os resultados em uma empresa vêm do CONHECIMENTO APLICADO. Se você entende e concorda com esta afirmação, valem algumas questões. Você sabe tudo sobre seu trabalho? Por exemplo, se você é um gerente de compras, você conhece com profundidade todos os fornecedores, todos os materiais alternativos aos utilizados pela sua empresa, todos os prestadores de serviço? Você e sua equipe dominam amplamente as técnicas mais avançadas de negociação e de Procurement? Se você é um gestor de vendas, você conhece a forma de tomada de decisão de seus clientes, quem são realmente as pessoas-chave para fechar negócios, as estratégias dos seus concorrentes e o mercado em detalhes? Se você é um gestor da operação, você domina a tecnologia praticada pela sua equipe? As mesmas perguntas valem para todas as outras áreas da companhia e se alguém respondeu SIM a qualquer uma destas indagações, estamos diante de um profissional raríssimo, aquele que sabe tudo e nada precisa aprender!

Ironias à parte, já vi vários empresários e diretores pensando que suas equipes "sabem fazer as suas tarefas com perfeição, sempre podem fazer tudo sozinhas e não precisam de conhecimento externo". Se isto fosse verdade, estas organizações deveriam ser o benchmark de seus setores com resultados fantásticos e todas as metas atingidas, além de terem muito dinheiro no caixa.

A realidade é muito simples: o foco deste texto é a compreensão de que metas não são atingidas porque falta conhecimento para os gestores. Na falta desta compreensão, sobram muitas desculpas para maus resultados, todas blasfemando contra agentes externos como o clima, a situação econômica do setor, algum cartel de fornecedores e a baixa qualidade da mão de obra disponível. Quando alguém argumenta comigo nesta linha, minha objeção é sempre a mesma: "E como você não sabia desta ameaça externa? Se sabia, por que não tomou ações preventivas?". Raramente ouvi executivos apontarem como causa de uma meta não atingida a falta de conhecimento dele ou de sua equipe e ESTA É A CAUSA PRINCIPAL na maioria dos casos. Quando erramos na identificação da causa principal, não temos chance de resolver os problemas. A conseqüência são problemas crônicos e a repetição irritante dos maus resultados.

Uma das principais atribuições de um líder é buscar conhecimento onde for necessário: em outras áreas da própria empresa, em consultorias, em outras empresas, nas universidades ou em qualquer outra fonte. Trabalhar "de cabeça baixa" sem acompanhar a evolução contínua do mundo é um péssimo hábito que esclerosa empresas e destrói resultados.