Perguntar não ofende

22/04/2011

Liderar é muito mais uma questão de saber perguntar do que ter todas as respostas. Quando um líder fala demais, todos os outros se calam e apenas concordam. Quando o líder é mais discreto, menos assertivo e mais questionador, quando é mais ouvinte do que falante, ele abre espaço para que sua equipe se mostre.

Liderar é muito mais uma questão de saber perguntar do que ter todas as respostas. Quando um líder fala demais, todos os outros se calam e apenas concordam. Quando o líder é mais discreto, menos assertivo e mais questionador, quando é mais ouvinte do que falante, ele abre espaço para que sua equipe se mostre. Quando a equipe se mostra, o líder melhora sua capacidade de avaliar seus subordinados e aprende mais. Afinal de contas, um líder não deve confundir o fato de ser o dono da decisão com a fantasia de que é o dono da razão. A decisão será sempre dele, mas a verdade está em várias partes, em várias cabeças, talvez bem longe da mente do líder.

Desta forma, você que é líder ou que está se preparando para sê-lo, em qualquer nível da hierarquia de uma empresa, de conselheiro ou acionista a supervisor, sempre faça para si próprio e para todos os que tiveram inteligência, atitude e conhecimento, as seguintes perguntas:

1 - O que você não gosta na sua empresa? Qual a realidade que não pode ser ignorada?
2 – O que sua empresa deve parar de fazer imediatamente?
3 – O que sua empresa deve começar a fazer imediatamente?
4 – Quais são os vícios de sua empresa?
5 – Quem são os sugadores de energia de sua empresa?
6 - Considerando as lideranças da empresa, até o nível de gerente, onde há necessidade de mudança?
7 - Quais decisões precisam ser tomadas hoje (e não estão sendo tomadas)? Cite duas decisões.
8 - Quais os cuidados que NÃO ESTAMOS TENDO?
9 - Se fôssemos nossos concorrentes, como iríamos atacar a empresa?
10 - Quais processos vão garantir a continuidade do nosso sucesso?
11 - Onde não estamos atingindo metas?
12 - Quais oportunidades não estamos aproveitando?
13 - Quais frescuras estamos cometendo?
14 - Se você fosse o presidente, o que você mudaria?
15 - Quais custos estão sendo encobertos pelos bons resultados?
16 - Suas margens de lucro mudaram significativamente durante o último ano, dois anos ou cinco anos?
17 - Você acredita que estas mudanças de lucratividade afetarão o número de concorrentes ou a intensidade de sua concorrência nos próximos um a cinco anos?
18 - Você tem um perfil detalhado dos seus clientes?
19 - Você tem um perfil detalhado dos consumidores dos seus produtos?
20 - Você sabe por que seus clientes compram os seus produtos? O que eles valorizam?
21 - Como o seu produto é vendido (propaganda, promoções, marketing, venda direta etc.)?
22 - Você pode comprar um concorrente?
23 - Você conhece as principais iniciativas de seus concorrentes?
24 - Você tem um procedimento para avaliar sistematicamente seus concorrentes?
25 - Você tem um procedimento para avaliar sistematicamente a satisfação dos seus clientes?
26 - Você treina sua equipe para conversar e entender os seus clientes?
27 - Qual é a atitude geral de seus funcionários em relação às suas funções e responsabilidades?
28 - Quanto tempo em média um funcionário permanece em sua empresa?
29 - Sua empresa possui meios para avaliar e monitorar as atitudes e o moral dos seus funcionários?
30 - O que sua empresa faz para manter o moral dos funcionários elevado?
31 - Sua empresa tem uma sistemática consolidada de desenvolvimento de produtos?
32 - Como está o seu processo de recrutamento e seleção?
33 - Como está sua metodologia para controlar os custos?
34 - Seus custos estão alinhados com os custos do restante do setor?
35 - Você está satisfeito com seus principais fornecedores?
36 - Sua força de trabalho é bem treinada e flexível?
37 - Você está usando de todos os recursos de marketing de que dispõe?
38 - Você pode reduzir custos?
39 - Você pode reduzir o tempo de atendimento dos clientes?
40 - Você monitora a sua qualidade?
41 - Seus números são confiáveis?
42 - Como os seus gerentes e diretores são avaliados?
43 - Seu faturamento e sua lucratividade estão crescendo?
44 - Você controla atentamente o fluxo de caixa de sua empresa?
45 - Sua empresa tem um orçamento para o próximo ano, por área?
46 - Como a situação financeira de sua empresa se compara a de seus concorrentes?
47 - Qual é a rentabilidade de sua empresa?
48 - Como você avalia sua utilização da metodologia de planejamento estratégico e operacional?
49 - Como você acompanha a rotina de sua empresa, seus principais indicadores?
50 - Como você acompanha a execução do planejamento estratégico e operacional?
51 - Quais são os principais indicadores de sua empresa? Qual seu EVA? Qual seu EBITDA (geração de caixa)?

Cada resposta negativa precisa de um plano de ação. Cada resposta positiva precisa de um padrão escrito, mantido e constantemente melhorado.

Estas perguntas devem se tornar um padrão na empresa, ou seja, você deve transformá-las em parte do seu processo gerencial.

Afinal de contas, PERGUNTAR NÃO OFENDE! Quem tem medo destas perguntas? Quem pratica o mau gerenciamento. Boas empresas só têm a ganhar com o uso delas.

Paulo Ricardo Mubarack