Sacanagem

12/08/2011

Sacanagem é um termo grosseiro mas que comunica muito bem o que se faz com determinadas empresas. Cultura forte, metas fortes e pessoas fortes formam uma grande organização. O que ficar fora disto arrasa o caixa das organizações e é o que chamo de sacanagem.

É sacanagem o que se faz com algumas empresas. Descaso com maus hábitos, diretores preguiçosos, conselheiros covardes, gerentes despreparados e uma corja trabalhando na operação. Às vezes, não entendo como elas resistem tanto. O pior é que esta sacanagem empobrece toda a comunidade ao redor da empresa e o país. Organizações fracas geram pouco lucro, criam pouca riqueza, pagam poucos impostos e, o resultado mais crítico, jogam para baixo o moral de um povo. Estou sendo muito apocalíptico? Muito contundente, exagerado? Claro que não. Fico boquiaberto, muitas vezes, lendo livros e livros sobre gestão, gurus e mais gurus expondo suas teses, revistas especializadas com reportagens exuberantes e não enxergando ninguém tocar no assunto “sacanagem”. O termo pode ser até grosseiro, mas é leve quando comparado com os desmandos que dilaceram a saúde financeira de companhias boas e que tinham todas as condições para prosperar. Irrita-me esta situação! Irrita-me a política em demasia, a frescura em demasia, os engravatados que sabem “nada de tudo” e que, quando você tenta aprofundar um assunto, quebram-se como cascas de ovos...

Tiram-me do sério os preguiçosos, os relapsos, os que não leem, os que não estudam o mercado, os que são arrogantes, os que maltratam os clientes.
Todos estes fazem parte da borra da humanidade e engrossam o pelotão daqueles que empurram a civilização para baixo. Como consultor, como empresário e como cidadão, muito além do interesse financeiro que tenho em meus negócios, luto diariamente para eliminá-los das empresas por onde passo. Estou convicto de que o mundo como um todo seria muito melhor sem eles. Tento demiti-los o tempo todo. Onde consigo, obtenho muito lucro para meus clientes, riqueza para a comunidade e paz para o ambiente interno das organizações.